Quem somos?

O Programa de Pós-graduação em Ciências Morfofuncionais do Instituto de Ciências Biomédicas da USP foi criado em 1972, com o objetivo de formar Doutores em Ciências, na Área de Concentração da Anatomia Humana. Naquela época, o então “Programa de Anatomia Funcional: Estrutura e Ultra-estrutura”, refletia o que se fazia de mais importante e atualizado dentro do campo da anatomia clássica, com a utilização do próprio cadáver como objeto de experimentação.   Em virtude do avanço tecnológico e de novas metodologias de abordagem do estudo do corpo humano, em 2004 o Programa sofreu uma ampla reformulação, com a incorporação de novos orientadores e linhas de pesquisa em sintonia com as tendências da Ciência da atualidade, passando então a “Programa de Pós-graduação em Ciências Morfofuncionais”. Este, tem como meta principal a formação de Pesquisadores/Docentes competitivos e aptos a transitar pelas diferentes áreas das Ciências Biomédicas, atuando junto ao ensino superior e/ou Instituições nas quais se desenvolva a Pesquisa Científica. O Programa de Pós-Graduação em Ciências Morfofuncionais, em nível de Mestrado e Doutorado, conta atualmente com 15 Orientadores Permanentes com as mais diversas formações, o que imprime ao Programa um caráter multidisciplinar bastante peculiar. As diferentes Linhas de Pesquisa encontram-se divididas em duas grandes Áreas de Concentração: 1) Neurociências e 2) Biologia Celular de Sistemas.

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Morfofuncionais tinha, em dezembro de 2018, 39 Alunos de Pós-Graduação: 16 de Mestrado e 23 de Doutorado. Este grupo de alunos não tem medido esforços para auxiliar nos avanços perceptíveis que o Programa vem apresentando, com grande empenho e comprometimento. A exemplo, destacam-se dois eventos anuais integralmente organizados por eles e que têm como objetivos a inserção dos alunos no Ensino da Graduação (Jornada de Anatomia) e na Pesquisa Científica (Simpósio das Ciências Morfofuncionais). O Programa de Pós-Graduação em Ciências Morfofuncionais conta ainda com o importante e indispensável apoio de sua Secretaria de Pós-Graduação, que além de auxiliar os alunos, acompanha diretamente os trabalhos da Coordenadoria de Pós-Graduação do Programa (CCP).

 

Em 2017 apresentamos as premissas para a fusão de atividades dos Programas de PÓS- GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E TECIDUAL E CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS, sediados no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Durante o ano de 2018, o processo avançou, e ao final de novembro (2018) estes dois Programas da Área das Biológicas I (ambos com nota 5 pela CAPES nas duas últimas avaliações) passaram a integrar o PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE SISTEMAS, com duas Áreas de Concentração: Biologia Celular, Tecidual e do Desenvolvimento e Biologia Morfofuncional.

Em termos de OBJETIVOS, a união dessas duas áreas de concentração ocorreu diante da necessidade de juntar esforços para alcançarmos patamares mais altos de qualidade. A renovação filosófica e estrutural se faz necessária para garantirmos novas conquistas e o oferecimento de um curso de pós-graduação de referência nacional. Assim, além da melhora qualitativa dos parâmetros relativos à formação dos alunos, dos trabalhos por eles desenvolvidos e da inserção destes no mercado de trabalho, esperamos como resultado deste processo de fusão a obtenção, com maior facilidade, de recursos/financiamentos para o desenvolvimento das nossas pesquisas científicas, contemplando, portanto, benefícios para o estudante de pós-graduação, para o orientador e para a Instituição. Em termos de CARACTERÍSTICAS que nortearam as discussões, a fusão teve como base diferentes aspectos que incluiram: o perfil muito semelhante de ambos os PPGs; o quadro de distribuição e produção dos orientadores; as perspectivas de atividades dentro de nossas competências, o financiamento e titulação entre cinco e dez anos, e, sobretudo o fato de considerarmos que os egressos devem ter um perfil mais forte e competitivo no mercado de trabalho. Dessa forma, entendemos que a fusão é benéfica para todos: Orientadores, Alunos e Instituição.