Qualificações

NORMAS ANTERIORES (ATÉ 22/07/14)

  1. O exame de Qualificação tem por objetivo avaliar a maturidade do aluno na sua área de investigação, sendo obrigatório para os candidatos ao título de Mestrado e de Doutorado.
  2. Os prazos máximos para a realização do Exame de Qualificação são:
    • 18 meses: a contar da data de ingresso no Mestrado
    • 36 meses: a contar da data de ingresso no Doutorado
    • 42 meses: a contar da data de ingresso no Doutorado Direto.
  3. Para se inscrever no Exame de Qualificação o aluno deverá ter cumprido pelo menos 50% dos créditos exigidos em disciplinas, conforme ítem IV, e obedecer os seguintes critérios:
    1. ter sido aprovado no exame de proficiência;
    2. ter entregue o Relatório semestral de acompanhamento do Programa nas datas devidas;
    3. recomenda-se enfaticamente que os alunos de Doutorado e Doutorado Direto comprovem ter, pelo menos, um artigo submetido ou aceito em periódico internacional indexado, com fator de impacto igual ou superior à mediana da área (Ciências Biológicas 1), segundo os critérios da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES (conforme disponível no site: www.capes.gov.br), relacionado à sua área de inserção.
  4. A inscrição para o Exame de Qualificação deverá ser feita com 1 (um) mês de antecedência em relação aos prazos previstos para a realização das provas. No ato da inscrição o aluno deverá entregar na Secretaria de Pós-Graduação, os seguintes documentos:
    1. Ficha do aluno;
    2. Cópia do Protocolo de Ética;
    3. Cópia do certificado de participação do Curso de Proteção Radiológica (para todos os alunos que utilizam radioisótopos em seus projetos);
    4. Sugestão de banca indicada pelo orientador (formulário conforme modelo disponível na nossa página de formulários).
    5. Quatro exemplares do Projeto de Pesquisa (prévia de Dissertação ou Tese), contendo uma versão atualizada do trabalho de pesquisa, na qual conste: Introdução, Material e Métodos, Resultados Parciais, Discussão, Bibliografia e Planejamento Futuro.
  5. Quanto à Composição da Banca Examinadora do Exame de Qualificação, esta será composta por 3 membros titulares e no máximo 2 suplentes, indicados pelo orientador, conforme formulário disponível na nossa página de formulários. A composição da Banca Examinadora deverá ser posteriormente homologada pela CCP. Não será permitido a participação de colaboradores que correspondam a potenciais conflitos de interesse em bancas de qualificação, a citar colaboradores que constem nas publicações, juntamente com o aluno ou com o orientador, nos últimos 03 (três) anos.
  6. O Exame de Qualificação para Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto, está dividido em duas partes:
    1. Apresentação de um Seminário sobre o Projeto de Pesquisa, o qual deverá durar no mínimo 30 e no máximo 50 minutos. Nesta apresentação deverão ser abordados os resultados obtidos até o momento, contextualizando-os com os da literatura vigente, além do planejamento futuro.
    2. Argüição do trabalho pela Banca Examinadora. Esta avaliação deverá aferir preferencialmente: a familiaridade do aluno com o projeto desenvolvido, a capacidade de análise crítica quanto à justificativa, metodologia e resultados do projeto, bem como a profundidade da capacidade de discussão dos resultados obtidos.

Observações importantes:

  • O não cumprimento do tempo estabelecido para a Apresentação do Seminário pode acarretar em reprovação automática, de acordo com a determinação da Banca Examinadora.
  • O candidato reprovado no Exame de Qualificação poderá repeti-lo apenas uma vez, em prazo não superior a 180 dias contados a partir da data de realização do primeiro exame. As provas são públicas e, ao final do exame, a banca emitirá um Relatório Final de Avaliação, em formulário próprio disponibilizado pela CCP, o qual será comunicado ao orientador.

Passagem de mestrado para doutorado direto:

A partir da aprovação no Exame de Qualificação de Mestrado, e por sugestão da banca examinadora, o aluno poderá solicitar a mudança de nível com anuência do orientador. Além dos documentos solicitados para o exame de qualificação, o aluno deverá:

  1. apresentar no final do trabalho um capítulo / item chamado “Projeto para o Doutorado”;
  2. entregar justificativa solicitando a transferência, firmada pelo orientador;
  3. ter 1(um) trabalho publicado ou submetido até 3 meses antes da data do pedido de transferência, em Periódico de circulação internacional indexado pelo ISI Web of Science, com Índice de Impacto ≥ 1,85 (no ano em que foi publicado).

NORMAS À PARTIR DE 23/07/14

O Exame de Qualificação é obrigatório para os candidatos ao título de Mestre ou Doutor.

A inscrição no exame de qualificação é de responsabilidade do estudante e deverá ser feita dentro do prazo máximo estabelecido pelo programa nestas normas.

O exame deverá ser realizado em no máximo 30 (trinta) dias após a inscrição.

O estudante de pós-graduação que não realizar o exame no período previsto para o seu curso será desligado do programa, conforme item V do artigo 52 do Regimento de Pós-Graduação da USP.

1  Mestrado

1.1 O exame de qualificação no Mestrado consiste em uma Prova de Conhecimento Específico que tem por objetivo avaliar a maturidade do estudante na sua área de investigação, além de sua capacidade em executar seu projeto de pesquisa.

1.2 O estudante de Mestrado deverá inscrever-se no referido exame num período máximo de 15 (quinze) meses após a sua primeira matrícula no curso, obedecendo aos seguintes critérios:

  • ter cumprido pelo menos 16 (dezesseis) créditos exigidos em disciplinas, conforme ítem IV;
  • ter sido aprovado no exame de proficiência em língua estrangeira;
  • ter entregue o Relatório semestral de acompanhamento do Programa nas datas devidas.

1.3 No ato da inscrição o aluno deverá entregar na Secretaria de Pós-Graduação, os seguintes documentos:

a) Ficha do aluno;

b) Cópia do Protocolo de Ética;

c) Cópia do certificado de participação do Curso de Proteção Radiológica (para todos os alunos que utilizam radioisótopos em seus projetos);

d) Sugestão de Comissão indicada pelo orientador (modelo no site: www.cienciasmorfofuncionais.com.br);

e) Quatro exemplares do projeto de pesquisa (prévia de dissertação), contendo uma versão atualizada do trabalho de pesquisa na qual conste Introdução, Material e Métodos, Resultados Parciais, Discussão, Bibliografia e Planejamento Futuro.

 1.4 Quanto à Composição da Comissão Examinadora da Prova de Conhecimento Específico, esta será composta por 3 membros titulares e no máximo 2 suplentes, todos com titulação mínima de doutor excluindo a participação de orientador ou coorientador. A composição da Comissão Examinadora deverá ser posteriormente aprovada pela CCP, que indicará o Presidente da Comissão.  Não será permitido a participação de colaboradores que correspondam a potenciais conflitos de interesse em bancas de qualificação, a citar colaboradores que constem nas publicações, juntamente com o aluno ou com o orientador, nos últimos 03 (três) anos.

1.5 A Prova de Conhecimento Específico consiste de:

a) Apresentação de um Seminário sobre o Projeto de Pesquisa, o qual deverá durar no mínimo 30 e no máximo 60 minutos. Nesta apresentação deverão ser abordados os resultados obtidos até o momento, contextualizando-os com os da literatura vigente, além do planejamento futuro.

b) Arguição do trabalho pela Comissão Examinadora. Esta avaliação deverá aferir preferencialmente: a familiaridade do aluno com o projeto desenvolvido, a capacidade de análise crítica quanto à justificativa, metodologia e resultados do projeto, bem como a profundidade da capacidade de discussão dos resultados obtidos. Cada membro examinador terá no máximo 30 minutos de tempo de arguição.

1.6 Observações importantes:

– O não cumprimento do tempo estabelecido para a Apresentação do Seminário acarretará em reprovação automática.

– O estudante que for reprovado no exame de qualificação poderá se inscrever para repeti-lo apenas uma vez, devendo realizar nova inscrição no prazo de até 180 (cento e oitenta) dias após a realização do primeiro exame. O segundo exame deverá ser realizado no prazo de até 60 (sessenta) dias após a inscrição no referido exame. Persistindo a reprovação, o estudante será desligado do Programa e receberá certificado das disciplinas cursadas.

– As provas são públicas e, ao final do exame, a Comissão emitirá um Parecer Final de Avaliação, em formulário próprio, disponibilizado pela CCP, o qual será disponibilizado ao orientador.

Doutorado e Doutorado Direto

O estudante de Doutorado e Doutorado Direto deverá inscrever-se no referido exame num período máximo de 24 (vinte e quatro) meses, a contar da data de ingresso no Doutorado e 30 (trinta) meses, a contar da data de ingresso no Doutorado Direto, obedecendo aos seguintes critérios:

  • ter cumprido pelo menos 12 (doze) dos créditos exigidos em disciplinas, no caso do Doutorado;
  • ter cumprido pelo menos 28 (vinte e oito) dos créditos exigidos em disciplinas, no caso do Doutorado Direto;
  • ter sido aprovado no exame de proficiência em língua estrangeira;
  • ter entregue o Relatório semestral de acompanhamento do Programa nas datas devidas.

 2.1 O exame de qualificação no Doutorado e Doutorado Direto consistirá de uma Prova Didática, a qual tem por objetivo avaliar a capacidade de organizar e ministrar uma aula em tópicos gerais de anatomia, segundo a lista de pontos abaixo:

Generalidades sobre Osteologia.

Generalidades sobre Artrologia

Generalidades sobre Miologia.

Organização geral do Sistema Nervoso: Sistemas Motores.

Organização Geral do Sistema Nervoso: Sistemas Sensoriais

Organização Geral do Sistema Nervoso: Sistema Nervoso Autônomo e Neuroendócrino

Generalidades sobre Sistema Circulatório (Coração).

Generalidades sobre Sistema Circulatório (Vasos)

Generalidades sobre Sistema Respiratório.

Generalidades sobre Sistema Digestório Supra-Diafragmático.

Generalidades sobre Sistema Digestório Infra-Diafragmático.

Generalidades sobre Sistema Urinário.

Generalidades sobre Sistema Reprodutor Masculino.

Generalidades sobre Sistema Reprodutor Feminino.

2.2 No momento da inscrição, um ponto da lista de tópicos gerais de Anatomia (item 2.1) será sorteado pelo estudante, que terá 01 (um) mês para a preparação e apresentação à Comissão examinadora indicada pela CCP/BMA, excluindo-se a participação do orientador e do coorientador.

2.3 A aula deverá, obrigatoriamente, ter a duração de 40 a 60 minutos, sendo o cumprimento deste tempo exigido para aprovação do candidato. Não haverá arguição da aula por parte da Comissão examinadora. Em caso de reprovação, o estudante poderá submeter-se a um segundo exame para a apresentação do mesmo tópico, devendo realizar nova inscrição no prazo de até 30 (trinta) dias após a realização do primeiro exame. O segundo exame deverá ser realizado no prazo de até 60 (sessenta) dias após a nova inscrição. A segunda reprovação do candidato na Prova Didática implicará no desligamento automático do estudante do Programa.

 – O não cumprimento do tempo estabelecido para a Apresentação da Aula Didática acarretará em reprovação automática, de acordo com a determinação da Comissão Examinadora.

– As provas são públicas e, ao final do exame, a Comissão emitirá um Relatório Final de Avaliação, o qual será disponibilizado ao orientador.

Observação: Os alunos de Doutorado e Doutorado Direto serão submetidos obrigatoriamente a uma PROVA ADICIONAL (Prova de Conhecimento Específico).

2.4 Os alunos de Doutorado e Doutorado Direto, além de realizar o Exame de Qualificação (Prova Didática), serão ainda submetidos a uma Prova de Conhecimento Específico.

2.4.1 O prazo máximo para inscrição na Prova de Conhecimento Específico é de 36 (trinta e seis) meses, a contar da data de ingresso no Doutorado e de 42 (quarenta e dois) meses, a contar da data de ingresso no Doutorado Direto, sendo a Prova de Conhecimento Específico realizada até 30 (trinta) dias após a inscrição.

2.4.2 Para se inscrever na Prova de Conhecimento Específico, o estudante de Doutorado e Doutorado Direto deverá obedecer aos seguintes critérios:

  • ter cumprido pelo menos 12 (doze) créditos exigidos em disciplinas, conforme item IV, no caso do Doutorado;
  • ter cumprido pelo menos 28 (vinte e oito) créditos exigidos em disciplinas, conforme ítem IV, no caso do Doutorado Direto;
  • ter sido aprovado no exame de proficiência;
  • ter sido aprovado na Prova Didática do Exame de Qualificação;
  • ter entregue o Relatório semestral de acompanhamento do Programa nas datas devidas.

Observações: A CCP determina que os estudantes de Doutorado e Doutorado Direto comprovem ter, pelo menos, um artigo submetido ou aceito em periódico internacional indexado, com fator de impacto igual ou superior à mediana da área (Ciências Biológicas 1), segundo os critérios da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES (conforme disponível no site: www.capes.gov.br), relacionado à sua área de inserção.

2.4.3 No ato da inscrição o estudante deverá entregar na Secretaria do Programa de Pós-Graduação, os seguintes documentos:

  1. a) Ficha do aluno;
  2. b) Cópia do Protocolo de Ética;
  3. c) Cópia do certificado de participação do Curso de Proteção Radiológica (para todos os alunos que utilizam radioisótopos em seus projetos);
  4. d) Sugestão de Comissão Examinadora indicada pelo orientador (modelo no site: www.cienciasmorfofuncionais.com.br);
  5. e) Quatro exemplares do projeto de pesquisa (prévia da Tese), contendo uma versão atualizada do trabalho de pesquisa na qual conste Introdução, Material e Métodos, Resultados Parciais, Discussão, Bibliografia e Planejamento Futuro.

2.4.4  Quanto à Composição da Comissão Examinadora da Prova de Conhecimento Específico, esta será composta por 3 membros titulares e no máximo 2 suplentes, sugeridos pelo orientador, excluindo a participação de orientador ou coorientador. A composição da Comissão Examinadora deverá ser posteriormente aprovada pela CCP, que indicará, dentre os membros internos ao Programa, qual será o presidente da Comissão.

2.4.5  A Prova de Conhecimento Específico está dividida em duas partes:

  1. a) Apresentação de um Seminário sobre o Projeto de Pesquisa, o qual deverá durar no mínimo 30 e no máximo 50 minutos. Nesta apresentação deverão ser abordados os resultados obtidos até o momento, contextualizando-os com os da literatura vigente, além do planejamento futuro.
  2. b) Arguição do trabalho pela Comissão Examinadora. Esta avaliação deverá aferir preferencialmente: a familiaridade do aluno com o projeto desenvolvido, a capacidade de análise crítica quanto à justificativa, metodologia e resultados do projeto, bem como a profundidade da capacidade de discussão dos resultados obtidos. Cada membro examinador terá no máximo 30 minutos de tempo de arguição

Observações importantes:

– O não cumprimento do tempo estabelecido para a Apresentação do Seminário acarretará em reprovação automática.

O estudante que for reprovado na Prova de Conhecimento Específico poderá se inscrever para repeti-la apenas uma vez, devendo realizar nova inscrição no prazo de até 180 (cento e oitenta) dias após a realização do primeiro exame. O segundo exame deverá ser realizado no prazo de até 60 (sessenta) dias após a inscrição no referido exame. Persistindo a reprovação, o estudante será desligado do Programa e receberá certificado das disciplinas cursadas.

– As provas são públicas e, ao final do exame, a Comissão emitirá um Parecer Final de Avaliação, em formulário próprio, disponibilizado pela CCP, o qual será divulgado ao orientador.

A não aprovação por 02 (duas) vezes consecutivas do relatório de atividades (mencionado no item xvii.2) acarretará em reprovação automática, conforme item X.1 e X.2.