Prazos e Créditos

PRAZOS

1 No curso de Mestrado o prazo para depósito da Dissertação é de 30 (trinta) meses.

2 No curso de Doutorado, para o portador do título de Mestre, o prazo para depósito da tese é de 48 (quarenta e oito) meses.

3 No curso de Doutorado Direto, sem obtenção prévia do título de Mestre, o prazo para depósito da tese é de 60 (sessenta) meses.

 

CRÉDITOS MÍNIMOS

1 O estudante de Mestrado deverá completar no mínimo 96 (noventa e seis) créditos, sendo:

– um mínimo de 32 (trinta e dois) créditos em disciplinas;

– 64 (sessenta e quatro) créditos referentes à Dissertação.

2 O candidato ao título de Doutor, portador do título de Mestre, deverá completar no mínimo 160 (cento e sessenta) créditos, sendo:

– pelo menos 24 (vinte e quatro) créditos em disciplinas;

– 136 (cento e trinta e seis) créditos referentes à Tese.

3 O estudante de Doutorado, sem obtenção prévia do título de Mestre (Doutorado Direto), deverá completar no mínimo 192 (cento e noventa e dois) créditos, sendo:

– um mínimo de 56 (cinquenta e seis) créditos em disciplinas;

– 136 (cento e trinta e seis) créditos referentes à Tese.

Poderão ser concedidos, como créditos especiais, no máximo 50% dos créditos obrigatórios (Mestrado = 16 créditos, Doutorado Direto = 28 créditos e Doutorado = 12 créditos). Tais créditos estão especificados abaixo.

 Obtenção de Créditos Especiais

 Poderão ser concedidos, como créditos especiais, no máximo 16 (dezesseis) créditos no curso de Mestrado, 12 (doze) créditos no curso de Doutorado e 28 (vinte e oito) créditos no curso de Doutorado Direto. Cada caso será analisado isoladamente pela CCP.

– No caso de trabalho completo publicado em revista de circulação nacional ou internacional indexada (ISI) que tenha corpo editorial reconhecido, ou capítulo de livro de reconhecido mérito na área do conhecimento, que possua relação com o projeto de sua dissertação ou tese, o número de créditos especiais será de até 6 (seis) créditos. A atribuição de créditos será avaliada pela CCP com base no fator de impacto do periódico e na ordem e número de autores do trabalho ou capítulo.

  No caso de depósito de patentes relacionadas ao trabalho de dissertação ou tese, o número de créditos especiais será de até 3 (três) créditos.

 No caso de publicação de capítulo em manual tecnológico reconhecido por órgãos oficiais nacionais e internacionais ou em livros didáticos o número de créditos especiais será de até 1 (um).

 No caso de participação em Congressos, Workshops, Simpósios ou outro tipo de reunião científica com apresentação de trabalho e que seja publicado o trabalho completo ou resumo (na forma impressa ou digital) em anais (ou similares) e que o aluno seja o primeiro autor, o número de créditos concedidos será de até 2 (dois) por evento. O número de créditos atribuídos pela CCP será baseado na abrangência e relevância do evento científico, bem como na forma de apresentação do trabalho e em casos de premiação.

– Programa de Aperfeiçoamento de Ensino – PAE: no caso de participação no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (PAE), o número de créditos especiais é igual a 02 (dois) por participação, obedecendo o limite máximo de 06 (seis) créditos para o Mestrado, 10 (dez) para o Doutorado Direto e 04 (quatro) para o Doutorado).